Conceitos básicos, Eletrônica, Energia, Projetos, Robótica, Telecomunicações

Resistência, Capacitância, Indutância, Impedância e Reatância

Este é mais um post de conceitos básicos de eletricidade. Desta vez falarei sobre resistores, capacitores, indutores em CC e CA.

Clique aqui para ver introdução ao eletromagnetismo.

Introdução a eletromagnetismo Introdução a eletromagnetismoClique aqui

Resistência

Resistência é um valor que mede o quanto que o componente “resiste” a passagem de corrente elétrica, o valor é medido em ohms (Ω). Uma forma de calcular a resistência:

R=\rho \frac{L}{A}

  • L é o comprimento do material;
  • A é a seção do material;
  • \rho é a resistividade, uma propriedade do material.

Outra forma de calcular a resistência é aplicando a Lei de Ohm.

R=\frac{V}{I}

  • V é a tensão e I é a corrente.

Este é o resistor, o componente com uma resistência definida e o código de cores dos resistores.

Resistores em série, a resistência é somada.

R_{total}=R1+R2

Resistores em paralelo:

\frac{1}{R_{total}}=\frac{1}{R1}+\frac{1}{R2}

Em circuitos CA que tem uma frequência muito alta, a resistência mesmo nos resistores varia, componentes passivos em alta frequência fica para outro post.

Capacitância

Capacitância é a capacidade de armazenar energia de um capacitor, é medido em farad (F), estes são capacitores.

A capacitância é calculada desta forma.

C=\frac{Q}{V}

  • Q é a carga e V é a tensão.

A capacitância de um capacitor de placas paralelas.

C=\epsilon \frac{A}{d}

  • \epsilon é a permissividade dielétrica;
  • A é a área da placa;
  • d é a distância das placas.

Capacitância de um capacitor cilíndrico.

C=2\pi \epsilon \frac{L}{ln(\frac{b}{a})}

  • L é a altura do cilindro.

Capacitância de um capacitor esférico.

C=4\pi \epsilon \frac{ab}{b-a}

Capacitância de uma esfera isolada.

C=4\pi \epsilon R

Capacitores em série:

\frac{1}{C_{total}}=\frac{1}{C_{1}}+\frac{1}{C_{2}}

Capacitores em paralelo:

C_{total}=C_{1}+C_{2}

Indutância

Enquanto o capacitor armazena energia em um campo elétrico, o indutor armazena energia em um campo magnético. Indutância é a capacidade do indutor de resistir a variação de corrente elétrica e é medido em henries (H). O indutor nada mais é que um fio enrolado em espiras que pode ter um núcleo dentro para aumentar o campo magnético e a indutância. Aqui esta vários tipos de indutores. Ás vezes indutores são chamados de solenoides.

A fórmula para calcular a indutância.

L=\frac{\mu N^{2}A}{l}

  • \mu é a permeabilidade magnética;
  • N é o número de espiras ou voltas no indutor;
  • A é a área de seção;
  • l é o comprimento.

A associação de indutores em série e em paralelo é igual a dos resistores e a indutância total é calculada da mesma forma.

Impedância e Reatância

Em corrente alternada, o valor da resistência dos componentes passivos (resistor, capacitor e indutor) é chamado de impedância, que é formada por reatâncias. No resistor a impedância é igual o valor da resistência em CC. Em capacitores e indutores, a reatância é um número imaginário e são chamados respectivamente de reatância capacitiva e reatância indutiva.

Reatância capacitiva.

X_{c}=\frac{1}{\omega C}

  • C é a capacitância e \omega é a frequência do circuito em radianos/s.

Reatância indutiva

X_{l}=\omega L

Este gráfico mostra a impedância como Z, as reatâncias como X_{c}X_{l} no eixo imaginário e a resistência no eixo dos números reais.

As impedâncias do capacitor e indutor são respectivamente.

Z_{c}=-j\frac{1}{\omega C}=\frac{1}{j\omega C}

Z_{l}=j\omega L

Print Friendly, PDF & Email
Liked it? Take a second to support Electrical e-Library on Patreon!

About Pedro Ney Stroski

13 thoughts on “Resistência, Capacitância, Indutância, Impedância e Reatância

  1. A capacitância em série está errada!!

    Seria o correto:

    1/Ct = 1/C1 + 1/C2

    Mesma coisa para o resistor e indutor em paralelo. Tirando isso, bom post!!!

    1. Você está errado. No capacitor é o inverso do cálculo para resistência total e indutância total.
      Nos capacitores, quando em paralelo, apenas se faz a soma das capacitâncias.
      Ctotal=C1+C2+….
      Quando os capacitores estiverem em série se faz o inverso das capacitâncias.
      1/Ctotal = 1/C1 + 1/C2 + ….

    1. Para calcular em CC, você tem que usar equações diferenciais de segunda ordem, explicarei com mais detalhes em um futuro post. Em CA, usa-se as reatâncias capacitiva e indutiva para o capacitor e indutor respectivamente, conforme foi mostrado acima. Leia este post “Conceitos básicos de corrente alternada” para saber sobre valores de tensão e corrente em CA.

      http://www.electricalelibrary.com/2018/09/15/conceitos-basicos-de-corrente-alternada-ca/

  2. Já Perceberam Que Todos Que Falam Sobre Indutancia, Ninguém Fala da Origem do Símbolo L de Indutancia. Uns Dizem Que o Símbolo L de Indutancia é Em Homenagem a Lei de Lenz. L de Lenz. Será Que é Mera Coincidência? Outros Ja Dizem Que a Origem do L de Indutancia Vem do Inglês LINE. Linha de Fluxo Magnético? Saudações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *