Espaço, Eventos, Exploração, História, Robótica

Notícia: Nave espacial chinesa chega ao lado oculto da Lua

Pela primeira vez, uma nave pousa no lado oculto da Lua e com um robô rover para exploração.

Fonte: CGTN (Traduzido para o Português)

A nave espacial da China Chang’e-4 pousou com sucesso no lado oculto da Lua ás 10:26 no horário local nesta quinta-feira. Este é o primeiro pouso suave nesta área anteriormente desconhecida.

O nome Chang’e vem da deusa da Lua na mitologia chinesa, que morava na Lua.

A sonda enviou de volta a primeira foto do lado oculto da Lua pelo satélite de retransmissão Queqiao que está operando no halo orbital no segundo ponto langrangiano (L2) no sistema Terra-Lua.

Os pontos langrangianos serão assunto para outro post. Esta é a foto do local de pouso na direção Sul.

O satélite Queqiao foi lançado em Maio do ano passado pelo foguete Longa Marcha 4C. Esta figura mostra a orbita langragiana L2.

Este satélite recebe informações da nave e do rover na banda X e retransmite para a Terra na banda S. Além de reenviar telecomandos da Terra.

A Chang’e-4 – que inclui um lander e um rover – vai estudar a composição mineral e a estrutura rasa da superfície do lado oculto da Lua, e também realizar a observação radio-astronômica de baixa frequência.

A área exata de pouso é a cratera de Von Karman da bacia de Aitken, e tem cerca de 24000 km de diâmetro e 13 km de profundidade. Cientistas chineses acreditam que o pouso da nave nesta enorme cratera vai permitir coletar novas informações sobre o manto da Lua, que é o nome da camada abaixo da superfície.

 

 

Print Friendly, PDF & Email
Liked it? Take a second to support Electrical e-Library on Patreon!

About Pedro Ney Stroski

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *