Aviônica, Eletrônica, Eletrônica automotiva, Eletrônica embarcada, Mecânica, Novas tecnologias

O estado atual do carro voador

Quem nunca quis ter um transporte aéreo pessoal para escapar do engarrafamento? O carro voador também pode ser chamado de eVTOL (elétrico de decolagem e pouso vertical).

Princípio de funcionamento

Basicamente é a tecnologia dos drones em escala maior. O carro voador levanta voo com hélices movidas por motores elétricos potentes. Também está submetido às 4 forças aerodinâmicas que já foram mostradas em um post sobre o assunto. Por isso alguns protótipos de carros voadores têm asas para manter a sustentação no ar.

AerodinâmicaClique aqui

As hélices puxam o ar para baixo e este puxa o veículo para cima, quanto maior a velocidade das hélices, maior a força de sustentação. Em um quadricóptero, pode ser um drone ou eVTOL, dois dos motores giram em sentido horário (1 e 3), enquanto os outros dois no sentido anti-horário (2 e 4). Desta forma, o momento angular resultante é zero e o quadricóptero fica parado pairando no ar.

Rotação das hélices do drone

Como virar para a direita ou esquerda (Yaw)? É preciso diminuir a velocidade dos motores 1 e 3 e aumentar a dos motores 2 e 4, vice-versa para outra direção. O momento angular total não é mais zero e o quadricóptero vira. Para inclinar (Roll/Pitch), deve somente diminuir a velocidade do 4 e aumentar 2, ou diminuir 1 e aumentar 3, vice-versa caso queira inclinar para o outro lado.

Movimento do quadricóptero

E ir para frente ou para trás? Diminui a taxa de rotação de duas hélices do mesmo lado, por exemplo 1 e 4, e aumente a taxa do lado oposto.

Movimento do drone

Alguns projetos de carros voadores têm motores posicionados na horizontal.

eVTOL Uber

Foram criados projetos de carros voadores híbridos, para usar as vantagens dos veículos elétricos e movido a combustão. Alguns eVTOLs podem ser colocados no modo automático, o piloto determina o destino e o carro voador é guiado por GPS.

Obstáculos

  • Para os eVTOLs entrarem no mercado, é preciso adotar normas de segurança. Pois um acidente com carros voadores seria muito mais fatal do que com carros terrestres.
  • Existe o problema da autonomia das baterias, devido ao problema da densidade de energia já mostrado em outros posts. Os eVTOLs comerciais provavelmente usarão baterias negativas de flúor para terem maior autonomia.
  • A utilização dos eVTOLs depende do tempo, em caso de tempestade e chuvas fortes, não é possível usá-los com a tecnologia atual.

Alguns carros voadores que já existem

Recentemente, foi testado um protótipo de carro voador no Japão. Construído pela NEC, voou durante 1 minuto.

Já existem drones que podem transportar uma pessoa, como o EHang 184. Este pode carregar até 100 kg, tem baterias que podem durar 30 minutos de voo e autonomia de 50 km. Hoje é usado como táxi aéreo.

EHang

Este é o BlackFly, tem oito hélices propulsoras. Construído pela start-up californiana Opener, tem autonomia de 25 milhas (40,23 km) e velocidade de 62 mph (99,77 km/h).

BlackFly

Este carro voador híbrido é o Aeromobil, foi apresentado em 2017. Possui modos de operação terrestre e aéreo, tem 6 metros de comprimento e peso máximo de decolagem de 960 kg.

Carro voador Aeromobil

O Aeromobil de asas abertas.

Aeromobil com asas

 

 

 

Print Friendly, PDF & Email

About Pedro Ney Stroski

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *