Geologia, Mecânica, Meio ambiente, Temperatura, Termodinâmica

Descontinuidades internas da Terra

O assunto deste post são as 5 descontinuidades do interior da Terra que demarcam as fronteiras entre as camadas internas.

Descontinuidades da Terra

Descontinuidade de Conrad

A crosta terrestre é dividida em camadas superior e inferior. O que separa estas camadas é a descontinuidade de Conrad. A crosta superior é composta majoritariamente de granito (SIAL), enquanto a crosta inferior tem a maior parte feita de basalto (SIMA).

Continuidade de Conrad

A continuidade de Conrad só é encontrada nos continentes. A camada SIMA, ou crosta oceânica, também fica no fundo do mar.

Descontinuidade de Mohorovičić 

A descontinuidade de Mohorovičić ou Moho fica entre a crosta terrestre e o manto superior.

Moho

Como o Moho foi descoberto? Um terremoto produz ondas sísmicas, são movimentos vibratórios de partículas rochosas que propagam pela superfície e interior da Terra. As ondas que propagam dentro da Terra são de dois tipos: Ondas-P, primárias, longitudinais e de pressão e ondas-S, secundárias, transversais e de torção.

Ondas sísmicas internas

Em 8 de Outubro de 1909, houve um terremoto próximo de Zagreb, na Croácia. O sismólogo croata Andrija Mohorovičić percebeu que até 200 km do epicentro do terremoto, as ondas-P diretas eram as primeiras a serem detectadas pela estação sismógrafa. Porém, acima de 200 km, as ondas-P mais profundas chegaram antes.

Propagação das ondas sísmicas
Ondas-P têm uma velocidade média de 6 km/s na crosta e 8 km/s no manto.

Estas são as equações para calcular a velocidade das ondas primárias e secundárias (V_{p} e V_{s}) respectivamente.

V_{p}=\sqrt{\frac{k+\frac{4\mu }{3}}{\rho }}

V_{s}=\sqrt{\frac{\mu }{\rho }}

  • k é o módulo de incompressibilidade, a resistência de um sólido à variação de volume.
  • \mu é o coeficiente de rigidez, resistência à deformação sem variação de volume.
  • \rho é a densidade do meio.

Assim como a luz, a onda sísmica muda de direção e velocidade quando passa de um meio para outro.

Lei de Snell
Traduzindo a figura acima:

  • \alpha_{1} = velocidade sísmica do material 1.
  • \alpha_{2} = velocidade sísmica do material 2.
  • \theta_{1} = ângulo de incidência.
  • \theta_{2} = ângulo de refração.

Descontinuidade de Repetti

Divide o manto em superior e inferior, fica aproximadamente entre 660 e 700 km de profundidade. Ao passar por esta descontinuidade, as ondas sísmicas aumentam a velocidade. Conforme foi explicado no post sobre placas tectônicas, o manto inferior é mais quente e liquefeito enquanto o superior é mais frio e pastoso.

Placas tectônicasClique aqui

Descontinuidade de Gutenberg

Fica entre o manto e o núcleo externo a 2900 km de profundidade, foi descoberto em 1914. As ondas-S não podem atravessar o núcleo porque é líquido. As ondas-P não aparecem na zona de sombra (entre 105º e 140º) devido à refração.

Ondas sísmicas no interior da Terra

Também foi observado que a velocidade das ondas-P caem consideravelmente no núcleo externo.


Alguns modelos afirmam a existência de uma camada D de 200 km de espessura entre o manto e a descontinuidade de Gutenberg.

Descontinuidade de Lehmann

Fica a 5150 km de profundidade, separa os núcleo externo e interno. As ondas-P aumentam a velocidade na região do núcleo interno, sugerindo que este é sólido.

 

 

Print Friendly, PDF & Email

About Pedro Ney Stroski

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *