Biologia, Exploração, Geologia, História, Meio ambiente, Museus, Visitas

A caverna de Postojna (Parte 2)

Na segunda parte sobre a caverna de Postojna é mostrada a maior parte da exposição permanente, chamada Expo Cave Karst ou Expo Jama Kras.

Caverna de Postojna (Parte 1) Clique aqui

A entrada para ver a exposição permanente.

No começo da exposição são mostradas as rochas carbonáticas, que compõem 15% da superfície terrestre e 43% da superfície da Eslovênia. As mais comuns são calcários e dolomitas com diferentes propriedades, graus de impurezas e quantidade de cálcio. Da direita para a esquerda: As duas primeiras são rochas ígneas, seguido por mármore, rochas carbonáticas sedimentares e sedimentares clásticas. As da direita têm formação mais antiga, enquanto as do lado esquerdo se formaram mais recentemente.

Rochas

Exposição de borboletas

Sala das borboletas

Há uma sala com amostras de várias espécies de borboletas e mariposas.

Borboletas

Borboletas

Era pré-histórica

Sala pré-histórica

Esta sala mostra fósseis e animais de milhões de anos atrás. Estas são esculturas de Homo erectus.

Homo erectus

À esquerda, um modelo de habitação da cultura Magdaleniana em Pincevent, França, de 15.000 anos atrás. Os ossos são restos mortais de uma mulher do período Gravetiano de 25.000 anos atrás. Foi encontrada em Dolní Vetonice, Moravia, República Tcheca. O modelo à direita é de um abrigo em Dolní Vetonice.

Estes são o rinoceronte lanudo e seu crânio respectivamente.

Crânio de rinoceronte

Um boi almiscarado e um caçador da Idade do Gelo.

boi almiscarado

Um urso das cavernas.

Este é o anatomista e bispo dinamarquês Nicolaus Stenonius, considerado o pai da paleontologia. Em 1666, ele descobriu que alguns objetos pedregosos usados como ornamentos eram fósseis de dentes de uma espécie extinta de tubarão.

Stetonius

História do turismo na caverna de Postojna

Sala principal

A assinatura mais antiga encontrada na caverna de Postojna é do ano 1213.

1213

Assinaturas dos anos de 1412 e 1575 respectivamente.

Um mapa da caverna de Postojna, feita pelo matemático Joseph Anton Nagel, em 1784.

Em 14 de Abril de 1818, estava sendo preparada a visita do imperador austríaco Francis I. Um trabalhador chamado Luka Čeč descobriu as partes internas da caverna, subiu uma parede que levava a uma passagem até então desconhecida. Quando retornou, ele disse: “Aqui está um novo mundo, aqui está o paraíso!”.

Em 17 de Agosto de 1819, o herdeiro do trono austríaco Ferdinando I foi o primeiro visitante oficial da parte interna recém-descoberta da caverna. No mesmo ano, 104 pessoas visitaram a caverna. Este mural mostra que algumas esculturas têm formato de animais e objetos.

Mural

Um quadro da caverna de Postojna, por Ivan Grohar, em 1904.

Ivan Grohar

A rede de cavernas na região. Além de Postojna, há as caverna de Pivka, Negra, Magdalena, Otok e Lekinka. Nem todas as áreas são acessíveis a turistas.

Rede de cavernas de Postojna

Cartazes antigos de divulgação.

cartazes

Iluminação

Os primeiros visitantes carregavam tochas. Na segunda metade do século XIX, começou-se a usar lâmpadas de óleo. Em 1884 foi instalada luz elétrica, com 12 lâmpadas a arco voltaico e 1400 velas. A luz elétrica permitiu aos visitantes um maior campo de visão dentro da caverna. Atualmente são usadas lâmpadas halógenas e LEDs. Aqui estão todos os tipos de lâmpadas e luminárias que foram usadas.

Lâmpadas

Locomoção

Os primeiros visitantes faziam todo o percurso a pé. Até 16 de Junho de 1872, quando foram introduzidos 1,5 km de trilhos e uma carruagem empurrada por uma pessoa chamada Phaeton.

A velocidade máxima do Phaeton era 2 km/h com capacidade para 4 passageiros. Esta é a locomotiva Montania S-10 da Orenstein & Koppel, era movida a gasolina, serviu como transporte no interior da caverna de 1925 até 1957.

Trem a gasolina

Tinha 16 BHP de potência, velocidade máxima de 5 km/h e capacidade para até 150 passageiros. Em 1957 foi introduzido o trem elétrico EMAM T 50, que substituiu os movidos a gasolina. Desde 1988 é utilizado o trem elétrico EMAM T 80.

Trem elétrico T 80

Este trem tem 25 BHP, velocidade máxima de 11 km/h e pode transportar 110 passageiros.

 

Print Friendly, PDF & Email
Liked it? Take a second to support Electrical e-Library on Patreon!

About Pedro Ney Stroski

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *