Automação, Espaço, Eventos, Materiais, Meio ambiente

Notícia: Ciclo do metano em Marte

O robô da NASA Curiosity descobriu evidências da variação sazonal de metano.

Fonte: Science News (Traduzido para o Português)

O rover Curiosity da NASA encontrou evidências que o metano na fina atmosfera de Marte varia durante o ano. Concentrações maiores aparecem no final do verão e início de outono no hemisfério norte e concentração menor no inverno e primavera, pesquisadores relataram na Science dia 8 de Junho.

Além disso, Curiosity também viu moléculas orgânicas não vistas anteriormente em Marte preservadas em lamito (rocha sedimentar), alguns dos mesmos pesquisadores relatam em outro estudo na mesma edição da Science. Embora nem o metano nem os orgânicos sozinhos sejam sinais de vida, as implicações para a astrobiologia são “potencialmente enormes”.

O achado é empolgante, porque metano não dura muito tempo na atmosfera marciana antes dos raios ultravioleta do Sol destruí-lo. Algo deve estar criando ou soltando o gás enquanto os astrônomos vêem. Na Terra, maior parte do metano é produzida por criaturas vivas, então aumentou as esperanças de que tem vida em Marte.

Este é o gráfico da quantidade de metano em partes por bilhão.

O metano pode ser produzido abioticamente por fontes hidrotermais, que emitem dióxido de carbono, causando a seguinte reação química.

CO_2+4H_2\rightarrow CH_4+2H_2O

Ou por erosão de basalto, mas o fato de ter uma variação periódica, pode ser interessante.

 

Liked it? Take a second to support Electrical e-Library on Patreon!

About Pedro Ney Stroski

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *