Energia, História, Magnetismo, Mecânica, Motores, Museus, Sistema de potência, Visitas

Museu Técnico Nikola Tesla (Parte 1)

Estive em Zagreb, capital da Croácia e visitei o Museu Técnico Nikola Tesla. É um museu muito grande e esta é a primeira parte da série.

A entrada do museu é pela porta do meio.

Entrada do Museu Técnico Nikola Tesla

Área dos bombeiros

Área dos bombeiros

Fica próximo da entrada do Museu Técnico Nikola Tesla. Nesta área, são mostrados os veículos e equipamentos que foram usados pela Brigada de Bombeiros de Zagreb e pela Companhia Voluntária. Uma bomba manual de água com cilindro duplo, usado por volta de 1900.

Bomba manual

Um painel educativo explica as condições para haver fogo: Oxigênio, material combustível e temperatura de ignição do material. Cada interruptor à esquerda representa uma destas condições. Quando as 3 condições estão ligadas, a luz central representando o fogo é acesa.

Condições de incêndio

Esta bandeira marcava o ponto de controle da operação de combate ao incêndio. À noite, eram implementadas lâmpadas.

Marcador

Um vagão de água puxado por cavalos. Tinha capacidade para 450 litros.

Wagon water supply

Mochila para combate a incêndios V-25, podia carregar até 25 litros de água.

Mochila para apagar incêndios

Outra bomba manual de cilindro duplo, também usada por volta de 1900.

Bomba manual

Um bocal ajustável, era instalado no topo de uma escada para apagar o fogo em prédios altos.

Bocal

Este é o Magirus K 20, utilizado em 1924. A escada pode ser estendida a 30 metros. O motor tinha 4 cilindros e resfriamento por água. Além de 50 kW de potência a 1100 rpm.

Magirus K 20

Escada do K 20

Uma bomba d’água centrífuga da Fiat, com motor a combustão de 4 cilindros e resfriado com água.

Bomba da fiat

Equipamentos de proteção para os bombeiros. Do final do século XIX e da década de 1920.

equipamentos de proteção

Este traje é feito de Tempex, protege contra altas temperaturas refletindo radiação de calor.

Um vagão puxado por cavalos que transportava uma bomba manual.

Vagão de bomba

Este vagão carregava os bombeiros para o local do incêndio. Foi usado no final do século XIX.

transporte para bombeiros

Nesta seção tem vários tipos de extintores de incêndio e bombas.

Sala dos extintores

Estes veículos transportavam os bombeiros e seus equipamentos. Um Chevrolet de 1931 e um Opel Blitz de 1939, respectivamente.

Chevrolet

Chevrolet

Opel Blitz

Conversão de energia

Área das máquinas

Nesta seção tem várias máquinas antigas a vapor, movidas a combustão, turbinas hidráulicas e algumas máquinas elétricas. Nem todas estão presentes neste post. Este é um motor a vapor de um único cilindro horizontal.

máquina a vapor

Esta é uma bomba centrífuga de sucção, fabricada pela AEG em 1911.

Bomba centrífuga

Turbinas hidráulicas Francis de 8 kW e 110 kW, respectivamente.

Francis de 8 kW

Francis de 110 kW

Moinho de água do século XIX.

moinho de água

Uma turbina Pelton.

Turbina Pelton

Uma caldeira a vapor, produzia vapor para mover os pistões das máquinas.

Caldeira a vapor

Máquinas a vapor com um único cilindro vertical. Ambas são de dupla ação, ou seja, o vapor de alta pressão atua nos dois lados do pistão para gerar movimento.

Máquina a vapor vertical
Do século XIX com 45 HP (33,1 kW).
Motor húngaro de 1902 com 30 HP (22,1 kW).

Motor a vapor de único cilindro de dupla ação. Fabricado pela Masch, Tanner, Laetsch & co em 1908 em Viena, Áustria. A tela de toque em vermelho mostra a máquina em funcionamento.

O motor a vapor é ligado por uma correia a um gerador de corrente contínua modelo GM-265, cuja potência nominal é 30,5 kW. Este foi feito pela Siemens-Halske no século passado.

Gerador CC

Duas máquinas a vapor marítimas, para propulsão de navios e embarcações. Ambas têm dois cilindros de dupla ação.

Máquina a vapor marítima
45 HP (33,1 kW) e foi usada em 1880.
Máquina a vapor marítima
Motor de 1870 com 35 HP (25,7 kW).

Um gerador síncrono trifásico modelo WI d 48/1000. Possui 48 kVA de potência aparente, 400 V e 69 A e foi construído pela Siemens-Schuckert.

Gerador síncrono trifásico

Turbina a vapor de um único estágio da De Lavals de 2,9 kW.

Máquina a vapor de estágio único

Uma turbina a vapor de múltiplos estágios de 1300 kW. Feito pela De Lavals em 1926.

Turbina a vapor

Turbina a vapor

Compressor de ar da americana Ingersoll Rand.

Compressor de ar

Um motor marítimo a diesel de quatro tempos. Construído pela MWM, em Manheim, Alemanha. Tem 250 HP (183,8 kW).

 

Liked it? Take a second to support Electrical e-Library on Patreon!

About Pedro Ney Stroski

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *