Alta velocidade, Luz, Mecânica quântica, Notícia, Novas tecnologias

O Jiuzhang 2.0 foi construído

Foi anunciado o Jiuzhang 2.0, um aprimoramento do computador quântico fotônico construído no ano passado e bilhões de vezes mais rápido que o antecessor.

Notícia sobre o primeiro Jiuzhang.

Jiuzhang, o computador quântico fotônicoClique aqui

Fonte: Xinhua (Traduzido para o Português)

Cientistas chineses construíram um protótipo de computador quântico chamado “Jiuzhang 2.0”, com 113 fótons detectados, obtendo um grande avanço na velocidade computacional quântica.

No estudo, uma amostragem de bóson gaussiano (GBS), uma simulação de algoritmo clássica, foi usada para fornecer um meio eficiente de demonstrar a velocidade computacional quântica em resolver tarefas bem definidas.

Com 113 fótons detectados, o “Jiuzhang 2.0” pode implementar o GBS um setilhão de vezes mais rápido que o atual supercomputador mais veloz do mundo e, 10 bilhões de vezes mais rápido do que a versão anterior “Jiuzhang”. Em suma, o supercomputador mais rápido do mundo levaria 30 trilhões de anos para resolver um problema que “Jiuzhang 2.0” resolveria em apenas 1 milissegundo.

O estudo liderado pelo renomado físico quântico chinês Pan Jianwei, foi publicado online na revista Physical Review Letters, na segunda-feira, horário de Pequim.

Inspirado pelo conceito de luz amplificada por emissão estimulada de radiação (LASER), a equipe desenvolveu uma fonte de luz comprimida induzida, com alto brilho e, simultaneamente, pureza e eficiência quase unitárias para GBS escalável.

Em Dezembro de 2020, os pesquisadores construíram o protótipo de computador quântico “Jiuzhang”, o qual detectou 76 fótons, alcançando vantagem computacional quântica. Este sistema de computação quântica, pode implementar GBS em larga escala 100 trilhões de vezes mais rápido que o atual supercomputador mais veloz do mundo.

“Comparado com o Jiuzhang, nós melhoramos muito o desempenho e a eficiência de coleta da fonte de luz quântica, aumentamos o número de fótons detectados e demonstramos a programação de fase do computador quântico GBS”, disse Lu Chaoyang, membro da equipe de pesquisa e professor da Universidade de Ciência e Tecnologia da China.

De acordo com a equipe, a capacidade computacional do Jiuzhang 2.0 tem aplicações potenciais em áreas como teoria dos grafos, aprendizagem de máquina e química quântica.

jiuzhang 2.0
Uma foto do Jiuzhang 2.0. Mesma fonte da notícia.
Liked it? Take a second to support Electrical e-Library on Patreon!

About Pedro Ney Stroski

1 thought on “O Jiuzhang 2.0 foi construído

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *