Espaço, Experiências, Notícia

O lançamento do Wentian

O Wentian é um laboratório espacial que ficará acoplado ao Tianhe, o módulo principal da estação espacial chinesa. Foi lançado pelo foguete Longa Marcha 5B.

Notícia com informações sobre o módulo Tianhe.

TianheClique aqui

Fonte: Space.com (Traduzido para o Português)

O Wentian foi lançado às 02:25 hs da tarde no horário de Beijing (03:25 hs da manhã no horário de Brasília), no dia 24 de Julho, no centro de lançamento Wenchang, na ilha de Hainan. O módulo de 17,9 metros em breve entrará na órbita de Tianhe, o primeiro módulo da estação espacial chinesa, que foi lançado em Abril de 2021. Espera-se que Wentian se encontre e atraque ao Tianhe no domingo.

Wentian significa literalmente “busca dos céus”, é o segundo dos 3 módulos planejados para lançamento pela China. O terceiro, chamado de Mengtian, está marcado para ser lançado em Outubro e completará a estação espacial Tiangong em forma de “T”. Incluindo uma nave tripulada Shenzhou e a nave cargueira Tianzhou acopladas na estação, a Tiangong completa terá 20% do peso da Estação Espacial Internacional, que pesa 460 toneladas.

Três astronautas da missão Shenzhou 14 estão atualmente a bordo da Tianhe, esperando a chegada do novo módulo. Após os testes, o trio apresentará uma primeira palestra científica da Wentian, de acordo com a mídia estatal chinesa.

O papel principal da Wentian é hospedar uma série de gabinetes de experimentos (external experiments) em órbita, também carrega painéis solares (solar arrays) e uma câmara de ar (airlock) para caminhadas espaciais. Além disso, possui dormitórios extras que permitem à China conduzir transferência de tripulação durante a permanência temporária dos seis tripulantes a bordo da Tiangong. Espera-se que a primeira transferência ocorra em Dezembro, antes da partida da atual tripulação.

módulo Wentian
O módulo Wentian também tem 4,2 metros de diâmetro e pesa aproximadamente 20 toneladas. Fonte: Everyday Astronaut.

Embora a Wentian vá ficar no porto de atracação frontal da Tianhe, o braço robótico do principal módulo de 10 metros será usado para reposicionar a Wentian para o porto ao lado nos próximos meses. Anteriormente neste ano, a China testou as manobras necessárias usando a Tianzhou 3, a nave cargueira que entregou suprimentos para a estação espacial para apoiar uma tripulação anterior. A nave espacial foi liberada dias atrás para abrir caminho para a chegada da Wentian.

A Wentian também tem seu próprio braço robótico de 5 metros, que será capaz de operar independentemente ou se conectar com o braço da Tianhe.

A China começou o projeto da sua própria estação espacial em 1992, aprovando um plano para desenvolver as capacidades de lançar astronautas para o espaço, testar suportes de vida a bordo de pequenos laboratórios espaciais e construir novos e grandes foguetes capazes de lançar módulos como o Tianhe e o Wentian.

O país planeja manter a estação espacial Tiangong permanentemente tripulada por pelos menos uma década, com cada tripulação de 3 astronautas passando 6 meses a bordo. A China também disse que permitirá astronautas estrangeiros e até turistas espaciais visitarem a estação no futuro, enquanto hospedará experimentos internacionais, das quais as primeiras já foram selecionadas.

A estação espacial também terá um poderoso telescópio espacial chamado Xuntian, o qual a China planeja lançar em 2024. O observatório de classe Hubble vai operar em uma órbita similar a do Tiangong, podendo se atracar à estação para reabastecimento, aprimoramentos e reparos.

xuntian
Uma imagem gerada por computador do Xuntian. Fonte: Aviation week network.

Os experimentos na Wentian

Fonte: CGTN (Traduzido para o Português)

A cabine Wentian é principalmente para estudo sobre a ciência da vida espacial. É equipada com gabinetes científicos que podem sustentar experimentos sobre vida e ecologia, biotecnologia, assim como estudos comparativos de mecanismos de crescimento biológico em várias condições gravitacionais.

Os gabinetes de experimentos podem ser usados para estudar o crescimento, desenvolvimento, hereditariedade e envelhecimentos das plantas, dos animais e dos micro-organismos no espaço, assim como a pesquisa em ecossistemas fechados. Experimentos biológicos multiníveis em moléculas, células, tecidos e órgãos poderão ser conduzidos. 

Liked it? Take a second to support Electrical e-Library on Patreon!

About Pedro Ney Stroski

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *