Espaço, Experiências, Notícia

O lançamento da Tianzhou 4

A Tianzhou 4 é uma nave espacial de carga que ficará acoplada com o Tianhe, o principal módulo da estação espacial chinesa em construção.

Para mais informações sobre o módulo principal da estação, clique no link a seguir. 

TianheClique aqui

Fonte: Space.com (Traduzido para o Português)

A China lançou uma nova missão de carga para o módulo da sua estação espacial, em preparação para a chegada da nova tripulação em Junho.

Um foguete Longa Marcha 7 transportando a nave robótica Tianzhou 4, decolou do Centro de Lançamento de Satélites Wenchang, no sul da província de Hainan, hoje (9 de Maio), às 13:56 EDT (17:56 GMT; 1:56 no horário local em 10 de Maio).

Espera-se que o cargueiro atraque no Tianhe (“Harmonia dos céus”), o módulo principal da nova estação espacial Tiangong, por volta de 6,5 horas após o lançamento.

A nave de carga Tianzhou 4 de 10,6 metros está carregando milhares de quilos de suprimentos para a missão tripulada Shenzhou 14, junto com propelente e experimentos científicos.

tianzhou 4
Uma foto da Tianzhou 4. Fonte: Le forum de la Conquete Spatiale.

Espera-se que o Shenzhou 14, com 3 astronautas, vá para Tianhe em Junho, transportado por um foguete Longa Marcha 2F do Centro de Lançamento de Satélites Jiuquan, no Deserto de Gobi. A China geralmente não revela a hora precisa dos lançamentos das missões espaciais.

O módulo Tianhe já foi visitado pelos cargueiros Tianzhou 2 e Tianzhou 3 e pelas tripulações da Shenzhou 12 e Shenzhou 13. Os astronautas da Shenzhou 13 retornaram para casa em Abril, depois de baterem o recorde nacional de 6 meses no espaço.

A Tianzhou 4 é a sexta das 11 missões planejadas para completar a estação espacial chinesa. O segundo e o terceiro módulos, chamados Wentian e Mengtian, serão lançados no final do ano para se juntarem a Tianhe, durante a missão Shenzhou 14, completando o formato em T do posto avançado orbital de 3 módulos.

Como foi mostrado na notícia sobre a Shenzhou 12, os módulos Wentian e Mengtian são laboratórios espaciais.

Isto torna a Shenzhou 14 uma das missões mais cruciais da história espacial chinesa. A tripulação da Shenzhou 14 passará 6 meses a bordo da estação e se envolverá na primeira entrega planejada da tripulação na estação no final do ano.

As tripulações da Shenzhou 14 e Shenzhou 15 ficarão juntas a bordo da Tianhe brevemente, graças à chegada esperada dos novos módulos. (A chegada da Shenzhou 15 será precedida pela do cargueiro Tianzhou 5).

A nave espacial Shenzhou 14 e o foguete estão de prontidão desde Outubro do ano passado, para caso de emergência a bordo da Tianhe, durante a missão recentemente completada Shenzhou 13.

No próximo ano, a China planeja lançar um telescópio espacial classe Hubble que poderá atracar com o posto orbital para reparos e manutenção.

A Tiangong, como originalmente planejada, teria apenas 20% do tamanho da Estação Espacial Internacional. Porém, a China está considerando novos grandes planos para a estação espacial, de acordo com funcionários que falaram durante a conferência de imprensa pós-Shenzhou 13 no mês passado.

Estes incluem missões de carga comerciais baseadas no novo setor espacial privado da China, novos módulos, visitas de astronautas estrangeiros e até voos turísticos antes do final da década.

Liked it? Take a second to support Electrical e-Library on Patreon!

About Pedro Ney Stroski

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *