Aprendizagem de máquina, Automação, Inteligência artificial, Internet, Telecomunicações

Introdução à Internet das Coisas (IoT)

A Internet das Coisas é a idéia de conectar vários objetos à internet, compartilhando informações para automatizar e otimizar as tarefas.

Como funciona a Internet das Coisas?

A Internet das Coisas conecta aparelhos que antes não eram conectados à internet. Estes aparelhos precisam ter sensores para a coleta de dados sobre o ambiente onde estão e como são usados. Todos estes dados são transmitidos para uma nuvem.

nuvem da internet das coisas
A nuvem (cloud) pertence a uma plataforma IoT e os aparelhos se ligam à nuvem por meio de gateways (portais) IoT. Fonte: TechTalkThai.

Os aparelhos podem se conectar à internet por meio de cabos, com uma rede Ethernet, ou por tecnologias sem fio como Wi-Fi, Bluetooth e redes móveis 4G e 5G. A conectividade depende da aplicação da rede IoT. Os dados na nuvem são processados por softwares e apresentados ao usuário por meio de tabelas, gráficos e números nos computadores, tablets e smartphones. O usuário precisa de um aplicativo para ver a interface com as informações sobre o estado dos aparelhos conectados.

O papel da inteligência artificial

Os dispositivos ligados à IoT geram uma grande quantidade de dados que se tornam Big Data. A inteligência artificial e os algoritmos de aprendizagem de máquina são necessários para encontrar as informações mais úteis, detectar problemas, fazer previsões, enviar notificações e controlar os atuadores para fazerem os ajustes necessários. Algumas aplicações usam processamento de linguagem natural para identificar comandos de voz e escritas.

Algumas aplicações da internet das coisas

  • Um carro com GPS pode indicar ao motorista onde há engarrafamento e a rota mais curta para chegar ao destino.
  • A internet das coisas é um dos principais componentes da indústria 4.0. As máquinas são conectadas a uma rede para melhor planejamento, detectar e corrigir problemas. Para obter uma produção mais eficiente.
  • Nas residências, a iluminação, a temperatura, o consumo de energia, alarmes e eletrodomésticos podem ser monitorados pelo usuário por meio de um smartphone e controlados automaticamente por um aplicativo a distância.
  • Na agricultura, sensores ligados a uma plataforma IoT monitoram as condições do solo, a saúde das plantas e dos animais, o terreno através de drones, etc. Todas estas informações são transmitidas a um aplicativo, onde também é possível ver as condições meteorológicas.
internet das coisas na agricultura
Fonte: TechmEzine.
Liked it? Take a second to support Electrical e-Library on Patreon!

About Pedro Ney Stroski

1 thought on “Introdução à Internet das Coisas (IoT)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *