Automação, Robótica, Visitas

Electrical e-Library na Gundam Factory

Estive em Yokohama, Japão e visitei a Gundam Factory, onde há um gundam em tamanho real, com 18 metros de altura e 25 toneladas.

Em 1979, foi lançado na televisão o anime Mobile Suit Gundam. Esta franquia se tornou muito popular no mundo inteiro, produziu-se mais de 70 séries de TV, filmes, games, etc. A maioria das séries tem protagonistas, histórias e universos diferentes, além de diferentes modelos de gundam. A inauguração da Gundam Factory Yokohama foi em 19 de Dezembro de 2020.

O espaço aberto

A entrada da Gundam Factory.
gundam na dock tower
Na espaço aberto, se localiza a Dock Tower, onde fica o RX-78F00 GUNDAM em tamanho real.
waiting area
A área de espera, onde grupos de pessoas esperam para entrar na Dock Tower e onde vende-se food truck.
Vista da cidade de Yokohama da Gundam Factory.

O robô é ligado à Dock Tower para se sustentar e receber energia elétrica para os componentes. Abaixo são os vídeos dos movimentos vistos do pátio aberto.

A Gundam Lab

Nesta seção dentro do prédio, é mostrado o desenvolvimento do Gundam, incluindo o projeto, estrutura e o que está por trás dos movimentos.

Modelo mostrando como os dedos da mão se movimentam.
Modelo gundam com ímãs.
O gundam é sustentado pelos frames, que servem como o esqueleto. São 17 frames no total e é totalmente feito de aço. Este é um modelo com ímãs para o visitante montar as peças aos frames.
Modelo gundam com ímãs.
O modelo montado.
modelo do gundam na Dock Tower
Os modelos do robô e da Dock Tower em escala.
A evolução dos modelos desde 1990 até 2020, da direita para a esquerda. Estão em escala 1:100.
Modelos de gundams de alta mobilidade.

Os vídeos mostram um robô montando um Gunpla, um modelo dos robôs da franquia. São dois vídeos curtos, pois o limite máximo do YouTube shorts é de apenas 1 minuto.

simulador de gundam
Este é um simulador, você pode enviar comandos fixos para um gundam virtual, ou controlá-lo para criar sua própria pose.

Como o gundam se move?

Os servomotores (em preto na imagem abaixo) movem o gundam. O controlador (em branco à esquerda), envia comandos de movimento para o amplificador (em branco à direita), este por sua vez, envia sinais para movimentar o servo. Este possui um sensor de rotação para enviar a leitura para o amplificador, que envia dados dos movimentos para o controlador. O protocolo Mechatrolink faz a comunicação entre os componentes.

O servomotor menor movimenta os tornozelos, enquanto o maior movimenta as coxas.

Os servomotores possuem uma precisão de 0,0003º e foram fabricados pela Yaskawa Electric Corporation, que também desenvolveu o Mechatrolink. Os servos são ligados a um conjunto de engranagens de redução, para reduzir a velocidade e aumentar o torque.

O conjunto de engrenagens de redução, fabricado pela Nabtesco. Este é o modelo de precisão RV, para aumentar consideravelmente o torque com tamanho reduzido das engrenagens.

4.877 metros de fios fazem a transmissão de energia e de sinais para os controladores e os atuadores. 

Dentro da Dock Tower

Para entrar na Dock Tower, tem que pagar um ingresso à parte, escolher o horário de entrada e subir por um elevador, seguindo as instruções da equipe, que conduz grupos de pessoas para os dois andares. O vídeo abaixo mostra os movimentos vistos de dentro da Dock Tower.

Outras instalações

No térreo do prédio, há uma loja de gunplas, roupas temáticas e lembranças. Enquanto no andar de cima, há um restaurante e uma sala de conferência, onde mostra-se vídeos da construção do robô gigante.

Liked it? Take a second to support Electrical e-Library on Patreon!

About Pedro Ney Stroski

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *